15/08/2017 15h52

Gerdau confirma duas mortes em acidente na unidade de Ouro Branco

Acidente semelhante ocorreu em novembro do ano passado e causou a morte de três funcionários.

Gerdau confirma duas mortes em acidente na unidade de Ouro Branco

OURO BRANCO/MG – Foram confirmadas duas mortes no acidente registrado na manhã de 15 de agosto, após explosão ocorrida no topo da chaminé da coqueria 2 da unidade de Ouro Branco da Gerdau, durante a manutenção de uma torre de gás. Acidente semelhante ocorreu em novembro do ano passado no mesmo local e causou a morte de três funcionários.

Diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Ouro Branco (Sindob) informaram que outros dois funcionários estão em estado grave em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Fundação Ouro Branco (FOB) e seis sofreram escoriações leves, sendo que dois deles com suspeita de fratura no pé. O fato de os funcionários não poderem circular no interior do local com telefones celulares pode ter dificultado o pedido de ajuda. 

Na unidade Ouro Branco da empresa, há pelo menos 3.000 funcionários. Um dos mortos era um trabalhador terceirizado e o outro contratado pela Gerdau. Eles ainda não foram identificados. Em nota, a Gerdau lamentou o acidente e informou estar prestando assistência às famílias das vítimas, ao mesmo tempo em que investiga as causas do acidente.

O PERIGO RONDA AS COQUERIAS

Coquerias são grandes estruturas que possuem grupos de fornos, que podem comportar 30, 60, 90 ou mais fornos com mais de 3 metros de altura, por 0,5 metro de largura, com paredes de material refratário que permitem a transmissão de calor. No interior das paredes existem câmaras de aquecimento a gás, cuja temperatura pode chegar a 1.200 graus. Recebem uma mistura de carvão mineral (12 ton cada forno) que passam por um processo de destilação a seco, pois ocorre na ausência de oxigênio. 

O resultado do processo, denominado de coqueificação, é a retirada da matéria volátil (gás) do carvão, que, após a condensação, resulta num subproduto, o alcatrão, cuja destilação fracionada resultará em outros produtos aplicados na indústria química. 

Mas o principal objetivo do processo é o resíduo sólido que resulta ao final no coque (carvão coque), um produto com alto teor de carbono (>que 85%), matéria prima fundamental no processo de produção do aço. Por isso, toda planta siderúrgica possui coquerias, que chegam a ter mais de duzentos fornos, caso das siderúrgicas Usiminas, Cosipa, Companhia Siderúrgica de Tubarão e Siderúrgica de Volta Redonda.Parte inferior do formulário

Renato Ilha, jornalista (MTb 10.300)

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.